terça-feira, 15 de março de 2011

Vaidade


A neta falava, satisfeita, para sua vó:

- Eu 'tava caminhando perto da casa de uma amiga minha, quando duas meninas que passavam na rua disseram: “Nossa, que cabelo mais lindo!”, apontando pro meu cabelo.

A vó, que sorria, não deixou por menos. Ela era muito vaidosa, apesar de, muitas vezes, não parecer, sob os atuais padrões de moda.

- Ah, eu também. Um dia chegou uma mulher, que me disse: “Como é bonito o cabelo da senhora! Tão branco!” É que normalmente a gente vê uns brancos amarelados, acinzentados... - explicou a vó, fazendo careta de quem imagina as cores e entende do que fala. - “E o seu é tão branco!”, ela me disse.

3 comentários:

  1. Eu com os meus textos gigantes e você com os seus mini-contos. Adorei! ^^

    ResponderExcluir
  2. =D
    O bom é que aí varia; se fôssemos aumentando cada vez mais os contos, uma hora ia dar preguiça de ler...

    ResponderExcluir
  3. Sim, sim! E eu tenho uma pequena tendência a ir aumentando os textos, e aumentando, e acrescentando detalhes e mais detalhes... '^^
    Mania de quem escreve romances (eu acho).

    ResponderExcluir