terça-feira, 6 de dezembro de 2011

"Sempre"


Dez anos já haviam se passado, e Tiago e Lucas continuavam grandes amigos. Tiago já tinha esposa e filhos, e Lucas já estava quase formado na faculdade. O primeiro tinha onze anos quando se descobriu famoso, e o segundo, onze anos quando conheceu o primeiro. Lucas era um nome singelo; simples e sincero como seu dono. Chamava seu grande amigo pelo nome do meio, Tiago (ou, como também era conhecido, James).

Com Tiago, Lucas conheceu um novo mundo: despertou novos sonhos, sentimentos, palavras e gestos. Vieram os amigos dos amigos, e logo estavam os dois mergulhados numa realidade imaginária, compartilhando dias, noites, livros, filmes, gargalhadas, lágrimas. Difícil contar a história de Lucas sem falar no Thiago, e vice-versa.

Na semana anterior à apresentação de seu trabalho de conclusão de curso, Lucas foi atrás de Tiago.

- Vamos dar uma saída daquelas, como nos velhos tempos?

- Mas é claro. Estou sempre aqui ao seu lado, principalmente nos momentos em que você mais precisar de um velho amigo. Sempre estarei.

- Sempre... , Lucas sorriu. E vestiu sua capa negra, como um bruxo.