terça-feira, 9 de abril de 2013

Fios brancos


O primeiro fio de cabelo branco a gente nunca esquece. Cedo ou tarde, com sorte todos chegamos lá. Nossos cabelos, na ânsia de mostrar a todos o que já ocorreu por dentro, amadurecem e empalidecem. Ou cada fio branco é um susto que se levou na vida...

Meu primeiro fio branco foi descoberto há poucos dias, no cabeleireiro. Quando a moça o anunciou, nem parei para pensar: “Tire-o daí!”; e ele foi se misturar ao branco do chão.

Minha avó sempre teve cabelo branco; ao menos desde que nasci, desde que minha mãe a conheceu... Fazendo as contas, ela já deve ter alcançado um feito raro: passar mais da metade da vida com os cabelos completamente brancos. Só não digo vida inteira porque há fotos dela com cabelos escuros. Se não fossem essas fotos, ela certamente teria nascido com a cabeleira toda alva.

Conta ela que a descoloração de seus cabelos começou aos (“Trinta?! Não!”) dezessete anos. Foi numa tarde melancólica, quando ela chegou em casa chorando e foi direto tomar um banho. Do banheiro foi à varanda pentear os cabelos molhados. Eis que sua afilhada Terezinha nota: “Ih, posso tirar esses fios brancos que estão aí?”. Ela começou e só parou quando a vó disse chega: “Assim vou ficar careca!”.

Careca ficou o marido dela. Ela continua cheia de fios... brancos.