terça-feira, 23 de abril de 2013

Lenda 6 – Donzela dos olhos esmeralda.

Cabelos cor de fogo, pele branca, olhos cor de esmeralda, lábios rubros e usando um vestido vermelho sangue; são as características de uma mulher que contempla o som das ondas e a brisa em suas mãos e rosto enquanto caminha pela praia em uma noite de lua nova. A brisa então dá lugar a um intenso vento. A mulher fecha os olhos e abre os braços, entregando-se ao ar que a envolve. Inspira fundo sentindo a vida que cada milímetro cúbico de ar a provem, e espira sentindo a vida fluir por todo seu corpo.

O ar para seu movimento. A mulher, ao abrir os olhos, vê em sua frente um caminho marcado por velas com chama verde. Ela abaixa os braços e começa a seguir a trilha, mantendo o olhar no horizonte, buscando o fim da estrada. A cada paço a sensação de umidade em seus pés é maior; até que ela sente andar sobre uma fina lamina de água.

Sem saber quanto tempo passou, ou quanto andou a mulher finalmente chega ao final do caminho. Ao seu redor, um circulo de velas. Atrás, a trilha não existia mais. E antes dela poder imaginar o que acontecia, seu corpo paralisa, seus olhos brilham na mesma simultaneamente e na mesma intensidade que a chama de cada vela. No instante seguinte o chão some sob os pés da mulher que cai por 3 segundos antes de ser envolvida completamente pela água.