quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Expectativa

Esperava. Esperava pelas férias depois de anos de trabalho. O que levaria? Como seria? Que horas iria acordar para sair de casa? Para onde iria? Iria para algum lugar?

Esperou também pela saída com os amigos nas sextas-feiras, talvez sábados e por aquela viagem marcada há tanto tempo com a família. 

Esperou a faculdade toda pela formatura e os anos de namoro pelo casamento. Casou e então esperou pelo nascimento do primeiro filho. Como seria a festa de um ano? E o primeiro dia de escola?

Esperou. Com a cabeça sempre fervilhando com mil ideias e pensamentos. Vivendo no futuro e atropelando os melhores momentos da vida sem perceber. Os olhares, as trocas de palavras, as paisagens únicas e as conversas memoráveis. Aquelas que aconteciam no tempo que sobrava para o cafézinho. 

Viveu. Sempre esperando pela felicidade e transformando em nostalgia os melhores momentos. Aqueles que passaram despercebidos enquanto esperava.