quarta-feira, 9 de abril de 2014

Obras para o fim do mundo

20. 02. XX
[Especialistas preveem que o fim do mundo acontecerá com toda a certeza nessa virada de ano. Os cálculos foram confirmados e o orçamento foi revisado, entre outras medidas para que os adiamentos vistos até hoje não mais ocorram. Uma nova comissão foi formada para supervisionar os gastos e o cronograma, realizando inspeções regulares nos vulcões e placas tectônicas.]

07. 04. XX
[A empresa responsável pelo aumento do nível do mar rebate as acusações sobre o atraso no degelo dos icebergs. Ela alega que os procedimentos estão sendo realizados com os equipamentos apropriados e que o superfaturamento na compra de aquecedores é uma suspeita infundada, convidando a Comissão de Catástrofes Aquáticas a inspecionar as instalações. O fato é que o nível da água já deveria ter subido 9cm, em vez dos 5cm que testemunhamos. Será que os oceanos transbordarão a tempo para o fim do mundo?]

13. 07. XX
[Confusão na contratação dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse devido à discrepância de salários. Peste alega que os vínculos de Morte e Guerra são muito mais vantajosos, acusação negada pela empresa responsável. Segundo o representante de RH, os modelos de contrato são os mesmos utilizados no Apocalipse de vários mundos e todos os detalhes foram acertados antes que os Cavaleiros saíssem do Plano de origem. Fome não deu declarações a respeito do assunto.]

05. 09. XX
[A três meses da data planejada para o evento, a Comissão Supervisora multa o conglomerado responsável pela cerimônia de abertura em 666 milhões por quebra de contrato. Os enxames de insetos venenosos previamente declarados para o primeiro dia nunca foram vistos, entre outras irregularidades comprovadas. Os representantes das empresas afirmam terem sido vítimas de sabotagem e pedem uma Comissão de Inquéritos para uma investigação que seja, segundo eles, realmente neutra.]

11. 11. XX
[A insatisfação geral com as promessas não cumpridas quanto ao fim do mundo está demonstrada nas respostas de mais de 90% dos entrevistados, que acreditam no cancelamento do evento, fato já visto em ocasiões anteriores. Especialistas estão divididos entre duas opções: reprogramar praticamente todas as atrações ou postergar novamente o acontecimento. De toda forma, depois de todo o tempo e dinheiro gastos e as expectativas geradas, nenhuma das alternativas é satisfatória.]

12. 12. XX
[O principal Patrocinador do evento – e de toda a existência – declarou falência há algumas horas, colocando todos os setores apocalípticos em polvorosa. Ele alega uma crescente falta de investidores e acirrada disputa interna entre facções rivais, que dilapidaram o patrimônio irremediavelmente.]

31. 12.XX
[Contra todas as previsões otimistas, podemos afirmar com certeza: mais uma vez, não haverá fim do mundo.
Boa noite e até amanhã.]