quinta-feira, 5 de junho de 2014

[Editor Bêbado]

EXTERNA - BAR - NOITE

Mesa para quatro pessoas, ocupada só pelo Editor segurando um copo metade cheio. Três garrafas de cerveja vazias.  Figurantes circulando ao fundo. Pasta A3 preta ao lado da cadeira onde ele está sentado. Silêncio.

Passos se aproximando.

JOVEM (OFF SCREEN): Oi...

EDITOR (OLHAR VAGO): Oi. Posso ajudar?

Jovem se senta na cadeira ao lado do Editor. Traz uma pasta A3 azul nas mãos.

JOVEM (AFOITO): O senhor é daquela editora da palestra de hoje né?

EDITOR: Sim.

JOVEM: Eu tava lá. Eu fiz aquela pergunta sobre o mercado independente nacional.

Silêncio. Editor termina a cerveja e coloca o copo vazio sobre a mesa. Mais silêncio.

JOVEM: O senhor pode olhar meu portfolio?

EDITOR (SUSPIRANDO): Eu tô bebendo, cara. Ce não tá vendo?

JOVEM (AFOITO): É rápido, só uma olhada!

Jovem abre a pasta A3 na mesa, em frente ao Editor. Gestos largos.

EDITOR: Deixa eu te dar meu cartão. Daí você manda um e-mail.

JOVEM: Mas é só essa aqui, olha só! Ao vivo é melhor!

Editor entrega o cartão ao Jovem quase à força enquanto ele aponta a própria pasta aberta.

EDITOR: Nem me diz seu nome. Nem que nos vimos no evento. Ou não vejo porcaria nenhuma.

JOVEM: Mas o senhor promete que vai ver?

EDITOR: Promete que me deixa beber em paz agora?

JOVEM: Mas esse aqui o senhor vai gostar!

EDITOR: Não gosto de nada depois do expediente. Só gosto de cerveja.

Editor fecha a pasta do Jovem sem olhar e faz sinal para o garçom trazer mais cerveja. O Jovem pega a pasta, visivelmente ofendido, e vai saindo da cena. Editor continua sentado, sem olhar para o Jovem.

JOVEM (OFF SCREEN): Ninguém mais respeita o artista!